#Guitarrista

Subsolo

Yoth Iria: sob a bandeira do hellenic black metal

Com um passado activo no underground grego, os Yoth Iria reclamam a si um espaço nesse meio através de black metal épico, negro e romântico.

Publicado há

-

Origem: Grécia
Género: hellenic black metal
Último lançamento: “Under His Sway” (EP, 2020)
Editora: Repulsive Echo
Links: Facebook | Bandcamp
Entrevista e review: Diogo Ferreira

Com um passado activo no underground grego, os Yoth Iria reclamam a si um espaço nesse meio através de black metal épico, negro e romântico.

«O conceito principal é a liberdade através da evolução pessoal.»

Objectivos: «Não há objectivo em particular. Só para expressar a minha sede e desejo de criar black metal épico e sombrio. As pessoas têm de ouvir e decidir por si mesmas se é bom ou não.»

Conceito: «O conceito principal é a liberdade através da evolução pessoal e sem medo. É claro que tudo é oferecido pelo lado oculto do conhecimento, que resiste a todos os tipos de opressão das religiões organizadas ou dos governos não-democráticos em todo o mundo. A minha mensagem é o conhecimento, e a busca pessoal é muito importante para a cura e para o aperfeiçoamento espiritual do Homem. É claro que pessoas como Aleister Crowley, Jon Dee, Adam Weishaupt, Leonardo Da Vinci e Platão têm uma influência constante na minha maneira de pensar e agir.»

Som e referências: «Black metal pesado, negro e épico. Na verdade, quando crio música, faço-o da maneira que quero. Com certeza, no meu inconsciente, existem algumas bandas clássicas como Bathory, Celtic Frost, Iron Maiden, Black Sabbath ou algumas das primeiras bandas da NWOBHM como influências que podem ter impacto em mim.»

Review: Com membros que passaram por Rotting Christ há cerca de 30 anos, este projecto ateniense apresenta, como será de imaginar, uma vertente do hellenic black metal. Com um conceito que pode ser categorizado como satanismo romântico, a dupla é, assim, deveras melódica, tanto ao nível das guitarras como em termos orquestrais. Pretendem, obviamente, trilhar um trajecto próprio, mas as semelhanças com os compatriotas são por demais inequívocas, algo que também pode ser usado a seu favor.

Facebook

Destaques

Notícias

Artigos

Mundo das Guitarras © 2021