#Guitarrista

Subsolo

Rhodium: Rh positivo

Da Grécia chegam-nos os heavy/power metallers Rhodium, que se focam em conjugar esforços para apresentar a sua arte de forma progressiva.

Origem: Grécia
Género:  heavy/power metal
Último lançamento: “Sea Of The Dead” (2020)
Editora: Sliptrick
Links: Facebook | Bandcamp
Entrevista: João Correia / Review: Diogo Ferreira

Da Grécia chegam-nos os heavy/power metallers Rhodium, que se focam em conjugar esforços para apresentar a sua arte de forma progressiva.

“A faixa-título do álbum é dedicada a todas as pessoas que perderam a vida nas águas frias do mar Egeu.”

O que esperar: «“Sea Of The Dead”, o nosso último registo, é o nosso segundo longa-duração em dois anos. O nosso principal objectivo é fazer com que a nossa música seja ouvida em todo o mundo e sermos capazes de nos apresentar em muitos concertos ao vivo. Nada é mais gratificante do que assistir a concertos ao vivo.»

Conceito: «A maioria das letras combina temas de experiências pessoais e emoções profundas. “Sea Of The Dead” pode não ser um álbum conceitual, mas a maioria das músicas tem um denominador comum. O Homem e a sua batalha pela sobrevivência. Ao longo das histórias que contamos, tentamos motivar as pessoas a agir contra todas as acções erradas ao seu redor e levá-las ao despertar espiritual. A faixa-título do álbum é dedicada a todas as pessoas que perderam a vida nas águas frias do mar Egeu, numa tentativa fútil de escapar aos horrores da guerra. Além disso, a música seguinte, “Delirio”, descreve uma doença mental e como as pessoas que sofrem dessa infeliz doença são frequentemente maltratadas e deixadas de lado pela sociedade. Finalmente, não hesitamos em abordar a questão muito séria da pedofilia com “Man Of Honor”, com o objectivo de fazer as pessoas enfrentarem os agressores, mesmo que pareçam estar acima de suspeitas.»

Influências: «A banda consegue criar uma mistura de sons modernos de heavy metal e melodias memoráveis, onde o foco central assenta nos poderosos breaks progressivos de guitarra e imponentes melodias vocais para poder criar uma atmosfera mais épica e poderosa. As nossas principais influências musicais são as bandas que nos apresentaram o heavy metal, como Judas Priest, Metallica, Iron Maiden, Crimson Glory e Iced Earth. A lista é interminável.»

Review: É cada vez mais comum unir-se thrash ao power metal, talvez como forma, ainda que nem sempre intencionada, de trazer ao género mais melódico os adeptos de sonoridades mais extremas. Com dois discos na colecção, é mesmo isso que estes gregos fazem em temas como “Man Of Honor”, que junta o poder do riff esgalhado e uma voz aberta e melódica que se transforma num corpo mais agressivo nos derradeiros momentos desta composição.

Facebook

Apoia a nossa causa

Destaques

Notícias

Artigos

Mundo das Guitarras © 2021