#Guitarrista

Reviews

Necronautical “Apotheosis”

Os Necronautical resolveram refrescar um pouco a receita lírica habitual do black metal ao incorporar a temática marítima.

Editora: Candlelight Records
Data de lançamento: 30.08.2019
Género: black metal
Nota: 3.5/5

Estes britânicos resolveram refrescar um pouco a receita lírica habitual do black metal ao incorporar a temática marítima, e o terceiro álbum do colectivo chega no pico do Verão como uma onda vinda do Árctico para refrescar os ouvidos de muito pessoal que já anda com saudades de ouvir uma proposta interessante deste nicho mais acessível do black metal.

Não carregando tanto na componente sinfónica como uns Dimmu Borgir ou uns Carach Angren e explorando mais as texturas melódicas a la Dissection, os Necronautical oferecem uma boa hora de música, convenientemente explodindo logo na abertura do álbum com “All is Vanity”, a qual é seguida pelo tema mais épico e bombástico do disco, “Nihil Sub Sole Novum”, e a mais orelhuda “Lure of the Abyss” logo após. São todos temas muito bem compostos, com imensa melodia e teatralidade sonora q.b., que não caem em nenhuma forma de tédio, seja isso a previsibilidade, a repetição ou a fraca execução musical.

Quanto à outra metade do disco, flui bem, mas não consegue ter o mesmo impacto que os primeiros três temas, claramente parecendo que o resto do peixe já não é tão fresco quanto o anterior.

“Apotheosis” não chega com o impacto de um tsunami ou de qualquer outra alegoria marítima que possamos usar, mas é como dar uns mergulhos em Peniche, com o mar ligeiramente agitado, ou seja, uma experiência sempre bem-vinda no calor do Verão.

Facebook

Apoia a nossa causa

Destaques

Notícias

Artigos

Mundo das Guitarras © 2021