#Guitarrista

Notícias

Necrobutcher (Mayhem) sobre Euronymous: «É um idiota, é o que ele é»

Publicado há

-

Depois de ter revelado que tinha planeado matar Euronymous, Necrobutcher volta a tocar no assunto numa entrevista concedida à Revolver.

«Ok, digo-o já, queria matar aquele cabrão. Ele… Imagina que alguém que pensas que é teu amigo chega a casa e descobre que outro amigo se matou, e tira fotografias ao seu cadáver. Quem é que, no seu juízo, faria algo assim? Toda a gente devia de ter um pouco de inteligência para saber isso – tem de ser alguém sem empatia e emoções normais. E uma pessoa mesmo má. Mas agora é um herói! E é do tipo, ok, sempre falei bem dele, nunca quis falar mal dos mortos, mas isto já foi longe demais. Quero dizer, se o gajo não fosse morto, teria ido para a prisão por vários anos por ter incendiado uma igreja em Oslo. Estava feito. Teria sido processado, como Varg Vikernes, com 50 milhões NOK; portanto, quando saísse da cadeia, nunca teria um emprego, um carro, um apartamento, uma TV. Estaria fodido com um F maiúsculo. É o grande herói? Não, é um idiota do caraças, é o que ele é. A traição – ele traiu os amigos e o mau carma veio e levou-o. Nunca verti uma lágrima por esse gajo. Fiquei chateado como o caraças quando ele morreu, e o que disse ao outro jornalista é que, quando li nos jornais da manhã, fui direito a casa e limpei-a de tudo o que era ilegal. Tinha a certeza de que a polícia viria a minha casa a seguir e que eu seria um suspeito. Não sabia que eles já sabiam quem o tinha feito.»

«E digo-o já que estamos nisto. A Noruega é um país muito pequeno. Varg Vikernes incendiou uma igreja, foi para a cadeia, não encontraram provas, portanto tiveram que o soltar. Uma grande decepção para a polícia, uma perda de prestígio. Por isso, monitorizam-lhe o telefone, o apartamento, tudo. E, pelo telefone, ele estava a planear matar o Euronymous e tudo, criando um álibi pelo telefone. Mas claro, eles sabiam de tudo! Então, depois fiquei um bocado chateado com a polícia porque pensei… Eles sabiam o que estava a acontecer e não o travaram. Isto é mau como o caraças, percebes? O governo estava a matá-lo. Nunca falei sobre isto, mas agora penso que, já que o governo não está atrás de mim, começa a ficar tudo claro. E não é a coisa mais esperta de fazer, criar inimigos outra vez agora que acalmei, mas está em mim. Não posso evitar. Tudo o que me prejudicou tem de ser corrigido.»

“Daemon” é o novo álbum dos Mayhem, com lançamento a 25 de Outubro de 2019 pela Century Media Records.

Facebook

Destaques

Notícias

Artigos

Mundo das Guitarras © 2021