#Guitarrista

Reviews

Jinjer “Wallflowers”

Os ucranianos apresentam-se no topo do seu jogo com o pesadão “Wallflowers”.

Editora: Napalm Records
Data de lançamento: 27.08.2021
Género: modern/prog metal
Nota: 4/5

“Wallflowers” é o melhor álbum de Jinjer até à data.

Com álbuns compostos principalmente entre carrinhas, bastidores e digressões, os Jinjer, por forças maiores que não controlamos (falamos da pandemia que nos assola desde o início de 2020), criaram o quinto longa-duração com menos distracções e mais foco. Com mais tempo e cientes de que têm de, pelo menos, manter a fasquia o mais alto possível a cada novo lançamento, os ucranianos apresentam-se assim no topo do seu jogo com o pesadão “Wallflowers”.

Essa fasquia não só se mantêm alta como ainda sobe uns níveis com 11 novas faixas metódicas e técnicas, dois componentes que são sobejamente conhecidos neste quarteto. Todavia, deparamo-nos com um upgrade tremendo quando percebemos que os Jinjer estão mais pesados, coesos e maduros do que nunca ao inserirem definitivamente cores death metal na sua sonoridade, principalmente através de blast-beats retumbantes e riffs mais cheios, intensos e agressivos do que antes. Com polirritmos a rodos e guitarras que emanam segmentos dissonantes, quase claustrofóbicos a tempos, toda a experiência é invariavelmente espelhada na voz multifacetada da já icónica Tatiana Shmayluk, que evolui a olhos vistos a cada novo registo editado. Novamente, a vocalista mostra ser uma das melhores na sua arte ao jogar com as suas capacidades diversificadas, indo desde o mais profundo e medonho growl até ao mais doce embalar.

Mandando cá para fora a auto-determinação artística que querem oferecer com a maior das honestidades, os Jinjer continuam a mostrar-se corajosos com um quinto álbum potente (“Call Me A Symbol”, “Colossus”) e com toques psicadélicos (“Wallflower”), progressivos (“As I Boil Ice”) e dinâmicos (“Mediator”). Em última análise, “Wallflowers” é o melhor álbum de Jinjer até à data.

Facebook

Apoia a nossa causa

Destaques

Notícias

Artigos

Mundo das Guitarras © 2021