Com um certo exotismo, que mistura castelhano, produções cruas do underground e noções que vão do heavy ao groove metal, os... Incarnatum: ápice mortal

Origem: México
Género: heavy/groove metal
Último lançamento: “Apex Mortem” (2020)
Editora: independente
Links: Facebook | Youtube

Com um certo exotismo, que mistura castelhano, produções cruas do underground e noções que vão do heavy ao groove metal, os mexicanos Incarnatum contam histórias de violência.

«“Apex Mortem” é um álbum que fala sobre questões que não podem ser ignoradas na sociedade, como violência familiar, ódio, conquistas, vícios e medo.»

Último lançamento: «“Apex Mortem” é um álbum que fala sobre questões que não podem ser ignoradas na sociedade, como violência familiar, ódio, conquistas, vícios e medo. Cada música tem uma marca particular, pois foram compostas com base nas experiências e vivências da banda. O nosso objectivo passa por sermos ouvidos em todo o mundo, para continuarmos a crescer como músicos e compositores. Esperamos que as pessoas apreciem a nossa música e que um dia possam ouvir-nos ao vivo quando tocarmos nos melhores festivais de metal.»

Conceito: «É sobre a morte e as maneiras para a alcançar. A temática da violência é muito recorrente nas letras. Também tentamos divulgar a nossa cultura ao contarmos histórias dos nossos antepassados, criando-se sons com instrumentos pré-hispânicos pertencentes ao México e combinando-os com harmonias modernas para se criar o som único de Incarnatum.»

Sonoridade e evolução: «É um som agressivo e brutal, sem se tornar sujo e inaudível. Começámos por fazer riffs com medidas compostas até chegarmos à evolução de riffs mais elaborados que deram o tom a “Apex Mortem”. Temos influências que vão do rock clássico ao death metal.»

Review: Com letras cantadas em castelhano, estes mexicanos exibem desde logo um exotismo especial quando sabemos que é a língua inglesa que domina. Com uma produção crua, que representa o underground na sua maioria, os riffs que ouvimos tanto oferecem influências no heavy metal mais tradicional como se lançam para territórios mais groove ou até à Rammstein, como se pode ouvir, por exemplo, em faixas como “Etiqueta Roja”. Por sua vez, e em complemento, a banda possui ainda um aroma a ritualismo voodoo que pode ser verificado na sua imagética.