#Guitarrista

Subsolo

Ifreann: espelho da sanidade

Recomendado para fãs de Testament e Exodus, os Ifreann incorporam no seu estilo thrash metal e elementos retirados da cena metalcore do século passado.

Género: thrash metal
Origem: Escócia
Último lançamento: “Unearthly” (EP, 2019)
Editora: independente
Links: Facebook | Bandcamp
Entrevista: Joel Costa | Review: Diogo Ferreira

Recomendado para fãs de Testament e Exodus, os Ifreann incorporam no seu estilo thrash metal e elementos retirados da cena metalcore do século passado.

«”Unearthly” é uma representação mais precisa da nossa sonoridade e capacidades de composição.»

Objectivos: «Sendo que este é o nosso primeiro EP, queríamos mostrar aos nossos fãs, tanto aos mais antigos como os mais recentes, quão bem conseguimos soar. Editámos dois singles em 2017 gravados por nós e não ficamos muito satisfeitos com o resultado, no entanto “Unearthly” é uma representação mais precisa da nossa sonoridade e capacidades de composição.»

Temática: «Tematicamente falando, é tudo metido dentro do mesmo saco. Nenhuma das músicas é liricamente séria, e variam desde necromancia até batalhas medievais.»

Evolução: «Demos início a esta banda com uma sonoridade thrash metal da velha guarda mas desde então fomos acrescentando elementos de sub-géneros mais recentes, como o death metal e o metalcore. Um bom exemplo disto é “Hell’s Sentries”, a quarta faixa do EP, que foi o primeiro tema que compusemos e representa bem as nossas influências do thrash metal clássico da década de 1980. Depois ouves “Unearthing The Unearthly” e fica claro que tem um leque mais alargado de influências, com partes punk e que recordam-nos dos breakdowns do metalcore dos anos 90.»

Review: Da Escócia, os Ifreann aparecem com um portentoso EP composto por quatro faixas desprovidas de medo e condimentadas com elevadas doses de energia cativante. Com uma boa produção, a banda mistura heavy metal e thrash metal, sendo que o segundo é mais evidente do que o primeiro. A rebeldia do quinteto é indicada para adeptos de Municipal Waste ou dos extintos 3 Inches of Blood. Venha de lá um álbum!

Facebook

Apoia a nossa causa

Destaques

Notícias

Artigos

Mundo das Guitarras © 2021