#Guitarrista

Subsolo

Harmonize: a história do guerreiro sem nome

Presente em muitas capas e músicas metal, o guerreiro tantas vezes sem nome ganha uma história criada e contada através do heavy/thrash metal dos Harmonize.

Publicado há

-

Origem: Chipre
Género: heavy/thrash metal
Último lançamento: “Warrior in the Night” (2020)
Editora: Powercord Music
Links: Facebook | Bandcamp

Presente em muitas capas e músicas metal, o guerreiro tantas vezes sem nome ganha uma história criada e contada através do heavy/thrash metal dos Harmonize.

«Queremos chegar aos metaleiros e convidá-los a entrarem na nossa viagem, queremos ver as pessoas a relacionarem-se, a sentirem profundamente ou a serem tocadas pela história e pela música.»

O álbum: “Warrior in the Night” é o nosso álbum de estreia. É apenas uma apresentação ao nosso mundo, ao nosso som e à história que desenvolvemos. Resumidamente, pode-se descrever como um álbum de power metal, com traços de heavy metal dos anos 80 e influências extremas. Conta a história do nosso guerreiro de uma maneira épica. Queremos chegar aos metaleiros e convidá-los a entrarem na nossa viagem, queremos ver as pessoas a relacionarem-se, a sentirem profundamente ou a serem tocadas pela história e pela música. No entanto, até mesmo reacções de perplexidade são bem-vindas, pois há muito mais para descobrir e o nosso objectivo não é desvendar tudo para já.»

Conceito: «O álbum é, de facto, um trabalho muito conceptual, já que esse é o caminho que percorremos como banda. Este álbum de estreia é apenas uma parte da história que estamos a escrever. O guerreiro sem nome é um dos personagens principais. É uma figura vista em muitas capas e muitas músicas de metal, mas estamos a dar-lhe uma história. Inicialmente é um conceito e obra de arte cliché mas é épico – há um mundo para ser descoberto.
Para resumir a história, temos um guerreiro brutal a lutar por vingança, por um reino que serviu. É confrontado por pensamentos intrigantes, tentações e entidades sombrias. Lentamente, junta as peças e descobre os seus verdadeiros poderes. Ainda não o sabe, mas é apenas um peão numa vasta profecia.
A ligação entre as músicas pode ainda não fazer sentido, mas estamos confiantes sobre as emoções que transmitem: tristeza, ira, desespero, poder, ganância, dor e amor.»

Evolução e influências: «Costumávamos considerar o nosso trabalho como heavy/thrash e power metal mas evoluímos muito desde então, adicionando-se elementos mais extremos, até mesmo doom. “Warrior in The Night” é um amálgama desses géneros. As nossas principais influências são Amon Amarth, Iced Earth, Blind Guardian, Behemoth e muitos mais. “Warrior in the Night” expressa o nosso próprio estilo, que foi criado devido muitos estilos diferentes.»

Review: Com composições como “Warrior in the Night”, esta banda cipriota queima lentamente rumo àquilo que realmente é: heavy metal energético com riffs que bebem do thrash metal e melodias que se relacionam ao heavy mais tradicional e clássico com raízes no Reino Unido. Posto isto, e tendo-se em conta os estilos musicais mencionados, solos é coisa que não falta! Esperem metal aguerrido com algumas abordagens a noções épicas.

Facebook

Destaques

Notícias

Artigos

Mundo das Guitarras © 2021