#Guitarrista

Reviews

Fortíð “World Serpent”

“World Serpent” é um bom lançamento por uma banda que não deixa de ser digna de reconhecimento.

Publicado há

-

Editora: Prophecy Productions
Data de lançamento: 11.12.2020
Género: pagan/black metal
Nota: 3.5/5

“World Serpent” é um bom lançamento por uma banda que não deixa de ser digna de reconhecimento.

Com raízes ainda bem assentes no black metal escandinavo e com uma espinha dorsal composta por melodias grandiosas, os islandeses Fortíð têm-se afirmado como uma banda que não deve ser colocada na mesma pasta que muitas outras que se proclamam pagan ou viking metal, até porque, ao olhar para as temáticas deste “World Serpent”, os Fortíð parecem mais interessados em cantar sobre outros assuntos que não simplesmente Odin & Cia..

Componente lírica à parte, debruçando-nos sobre a componente musical, “World Serpent” é um disco que demora a mostrar o que realmente vale – ou seja, a intro e o tema vagaroso que se lhe segue (“The True Awakening”) não fazem muita justiça ao que vem depois, em que faixas como “Insignificant Is the Wormking’s Throne”, “Beyond the Grips of Odium” e “Pandemic” dão a este disco a explosão e a atmosfera épica que a banda de Einar Thorberg consegue cultivar.

O mal de “World Serpent” acaba por ser uma falta de equilíbrio ao nível de coesão, pois há temas, como o já mencionado “The True Awakening” ou “Supressed Opposition”, que dão a impressão que foram escritos à pressa e que a banda bem podia ter aproveitado muitos momentos em composições como estas para injectar um pouco mais de progressão, melodia, agressividade ou o que quisessem para colmatar os momentos mais mornos do disco.

Colocando tudo na balança, o prato da qualidade acaba por pesar mais que o das falhas, o que faz de “World Serpent” um bom lançamento por uma banda que não deixa de ser digna de reconhecimento.

Facebook

Destaques

Notícias

Artigos

Mundo das Guitarras © 2021