#Guitarrista

Subsolo

FearyTales: reversão da luz e da escuridão

Num híbrido sonoro influenciado por vários subgéneros do metal, os FearyTales querem acima de tudo ser honestos e autênticos.

Origem: Itália
Género: metal / rock
Último lançamento: “FearyTales” (EP, 2019)
Editora: Buil2Kill / Nadir
Links: Facebook | Instagram
Entrevista: Diogo Ferreira | Review: João Correia

Num híbrido sonoro influenciado por vários subgéneros do metal, os FearyTales querem acima de tudo ser honestos e autênticos.

«As pessoas podem esperar honestidade e autenticidade.»

Objectivos: «O EP “FearyTales” foi orgulhosamente gravado nos estúdios Fusix e editado pela gloriosa Buil2Kill / Nadir. O nosso objectivo é (finalmente) obter boa visibilidade para espalhar a loucura dos FearyTales. Por isso, esperamos que o heavy metal de todo o mundo consiga apreciar a nossa música e as nossas letras (tanto em inglês como em italiano). As pessoas podem esperar honestidade e autenticidade.»

Conceito: «Tentamos ser profundamente apaixonados e autênticos nas nossas músicas e letras. Em “Ascension # 2” derrubamos as categorias tradicionais de luz/escuridão e dia/noite, uma invocação apocalíptica (e perturbadora) para transcender desolados restos mortais. “Culto della Morte” segue na mesma perspectiva da reversão das categorias dia/noite, um hino estranho e paradoxal (e de alguma forma consolador) à vida (embora expresso em termos negativos). “Black 2.0” contém letras sobre a dor de viver expressas através de imagens e metáforas vívidas (de alguma forma, um pouco consoladoras também). “On the Duck’s Neck (the Green of Her Eyes)” tem as letras mais recentes e é a primeira balada de FearyTales. Fala de um amor impossível que se transcende. A cor verde (dos olhos da amante e do pescoço do pato) é uma imagem da Força que ilumina e emerge da escuridão, ou seja, a vida que floresce da morte.»

Referências: «Os FearyTales são um tipo estranho de banda pesada. Feary-metal é uma mistura de metal clássico e algumas influências musicais extremas, envolvendo vozes limpas e berradas, solos e riffs de guitarra excelentes e inspirados, bateria poderosa, mantendo-se sempre influenciado pelas incarnações do heavy com uma forte dedicação às letras. As inspirações musicais vêm de diferentes estilos de heavy metal: clássico, doom, thrash, prog, power, death, black. Das bandas clássicas às novas, sem limites, sem fronteiras. A única coisa importante para nós é que uma música dos FearyTales consiga ser autêntica e honesta.»

Review: O rock dos italianos Feary Tales tem tudo o que é necessário para agradar aos entusiastas mais ligeiros dos anos 1980: é competente, bastante melódico e feito por quem viveu nessa época. Cantado em italiano, depressa se entranha, não falássemos de um dos idiomas mais melódicos de sempre. “Culto Della Morte”, extraído do EP de 2019, é música óptima para acalmar depois de um dia atribulado, pois, seguramente, será difícil não relaxar ao som dos Feary Tales.

Facebook

Apoia a nossa causa

Destaques

Notícias

Artigos

Mundo das Guitarras © 2021