#Guitarrista

Notícias

Dino Cazares e a cassete de FF roubada por Max Cavalera

Dino Cazares (Fear Factory) conta a história da cassete roubada por Max Cavalera.

Foto: Stephanie Cabral

Com o novo álbum “Aggression Continuum”, os Fear Factory e Dino Cazares voltaram aos radares. Para além do drama com o ex-vocalista Burton C. Bell e as consecutivas falências financeiras, a música tem prevalecido e há sempre espaço para novas histórias.

Em conversa com a Metal Hammer, Cazares recorda quando Max Cavalera (ex-Sepultura, Soulfly) lhe roubou a única cassete que tinha com material de Fear Factory. «Estava a usar a maquete do [produtor] Ross Robinson para vender Fear Factory às editoras. Muitas rejeitaram-me: Metal Blade, Earache, Nuclear Blast, Peaceville. Houve uma convenção de música em LA, estavam lá todas as editoras. (…) Fui ter com o Max e ele conhecia-me de Brujeria. Contei-lhe sobre Fear Factory, fomos ao quarto de hotel dele e pusemos a cassete. Ele disse: ‘Isto é do caraças! Vou ficar com isto.’ Era a minha única cópia. O Max não ma devolvia, tive de lutar com ele na cama do hotel para a ter de volta! Felizmente, ele contou isto ao Monte Conner [Roadrunner Records]. Foi basicamente assim que nos assinaram.»

Novamente separado de Burton C. Bell, ainda que a sua voz esteja presente em “Aggression Continuum”, Cazares olha para a situação com positivismo. «Aprendi a lidar com personalidades ao longo dos anos. Por vezes, personalidades não funcionam. Por vezes, personalidades têm muita fricção e essa fricção cria beleza. Creio que essa fricção originou excelente música – da melhor que compus na minha vida, clássicos que inspiraram as pessoas nos anos seguintes. Os opostos atraem-se. Aprendi a lidar com isso ao longo dos anos e ainda hoje lido.»

Conhece os produtos da revista Guitarrista aqui.

Facebook

Apoia a nossa causa

Destaques

Notícias

Artigos

Mundo das Guitarras © 2021