#Guitarrista

Subsolo

Darksider: lado sombrio da mente

Heavy metal e honestidade é o que os Darksider prometem numa carreira ainda muito nova.

Publicado há

-

Origem: Canadá
Género: heavy metal
Último lançamento: “Darksider” (2019)
Editora: independente
Links: Facebook | YouTube
Entrevista: Diogo Ferreira | Review: João Correia

Heavy metal e honestidade é o que os Darksider prometem numa carreira ainda muito nova.

«Estamos a tentar compor coisas simples que alcancem o coração e a alma, directa e violentamente sem filtro.»

Objectivos: «Este é o nosso primeiro lançamento. Tudo começou quando dois amigos, o Alain e o Marc, compuseram alguns riffs e letras para se divertirem, e terminaram com metade de um álbum. Decidiram avançar e pediram a amigos que se juntassem, e aqui estamos! Estamos a tentar compor coisas simples que alcancem o coração e a alma, directa e violentamente sem filtro.»

Conceito: «As letras são sobre tormentas e o lado sombrio que todos temos dentro de nós. Toda a gente tem alguns pensamentos ocultos que guardam para si e não se está disposto a mostrar isso, pois podem parecer psicopatas para alguns ou idiotas para outros. O Marc não se importa de mostrar os seus próprios pensamentos. Às vezes tenta colocar-se na mente dos outros para expressar o que acha que eles sentiriam por dentro, mas essa jornada nunca está na mente das pessoas normais. Musicalmente, não estamos a fazer coisas sofisticadas. Armas de sete cordas e riffs poderosos resumem o que estamos a fazer.»

Referências e sonoridade: «O nosso material fica entre Black Sabbath antigo e Slayer, com um som um pouco mais contemporâneo e rigoroso. Gostamos de fazer riffs cativantes e fazer com que as pessoas entendam a música instantaneamente, sem se pensar demais, apenas cenas para abanar a cabeça!»

Review: O heavy metal canadiano dos Darksider é difícil de catalogar: malhas pesadas e com muito groove pertencentes ao thrash, vozes pertencentes ao death/thrash/heavy, solos extraídos do metal progressivo… Não é de estranhar que a banda prefira apenas dizer que toca heavy metal, preto no branco. “Babylon” é o cartão de apresentação perfeito do álbum de estreia “Darksider”, em que o quarteto aposta em honestidade criativa e numa produção muito adequada à mescla de estilos praticados. Os Darksider provam que a qualidade nunca conheceu fronteiras.

Facebook

Destaques

Notícias

Artigos

Mundo das Guitarras © 2021