#Guitarrista

Subsolo

Cruciatus Infernalis: «Untot é a segunda parte de uma trilogia cujo conceito aborda a luta contra o fim do mundo.»

Publicado há

-

Os austríacos Cruciatus Infernalis fecharam o ano de 2021 com Untot, segundo EP da banda e com selo da Kvlt und Kaos Productions. H. Daemonenwacht, responsável pelas guitarras, bateria, baixo, sintetizadores e voz, diz-nos que «Untot é a segunda parte de uma trilogia cujo conceito aborda a luta contra o fim do mundo».

«Uma entidade ancestral ganha vida, o que acontece no anterior EP intitulado Ritual», prossegue. «Agora o seu objectivo é tentar destruir a humanidade e toda a vida terrestre. Resta saber se será bem sucedida.» H. Daemonenwacht procura expressar as emoções que, de acordo com a sua visão, estariam presentes em tal cenário: «Desespero, medo, crueldade, dureza mas também esperança», aponta. «Espero poder continuar a inspirar os meus ouvintes e ganhar mais seguidores.»

Quanto à terceira e última parte desta jornada musical, será editada no final de 2022. «Preparamos uma ideia muito especial mas que ainda não vamos revelar. Para encurtar o período de tempo entre estas duas partes vamos editar um split com os chilenos Krod, em Abril de 2022.»

O tema-título do EP pode ser ouvido na compilação que acompanha a edição de Janeiro da Guitarrista, à venda nesta ligação.

Bandcamp
Spotify

Facebook

Destaques

Notícias

Artigos

Mundo das Guitarras © 2021