#Guitarrista

Subsolo

C.L. Anger: festa apocalíptica

É ao som do power metal festivo dos C.L. Anger que vamos viajar pelo espaço e pelo tempo para enfrentarmos todos os tipos de apocalipses.

Origem: Alemanha
Género: power metal
Último lançamento: “Top Secret – Project Endtime” (2019)
Editora: Caledonix
Links: Facebook | YouTube
Entrevista: Diogo Ferreira | Review: João Correia

É ao som do power metal festivo dos C.L. Anger que vamos viajar pelo espaço e pelo tempo para enfrentarmos todos os tipos de apocalipses.

«No final, decidimos definir o nosso próprio género musical: apocalyptic party metal!»

Objectivos: «O nosso objectivo era criar músicas cativantes, fáceis e, de alguma forma, complicadas ao mesmo tempo. Queríamos ligar sons de teclados modernos a acordes com o som clássico da guitarra metal e uma bateria do caraças. As músicas são compostas principalmente para serem tocadas ao vivo. Vêm do coração metal. São boas para cantar em conjunto e abanar a cabeça!»

Conceito: «Contamos a história de um cientista maluco chamado The Doctor C.L. Anger. Viaja pelo espaço e pelo tempo com a sua equipa. O nosso primeiro álbum trata de apocalipses de diferentes tipos: o fim bíblico, traumas pessoais, o uso indevido de drogas, entre outros.»

Referências: «A maioria das nossas músicas é baseada em ideias do Chris [voz, teclados], por isso foram inicialmente compostas por um teclista. É por isso que, ao início, algumas não soam a metal clássico… Mas se ligadas ao som da guitarra, à bateria semelhante a uma máquina e, é claro, às vozes ásperas, acabam em algo bem próximo do power rmetal.
Achamos que é difícil encontrar referências musicais porque misturamos muitos estilos diferentes. Por um lado, a música é influenciada por bandas como Sabaton e Powerwolf; por outro lado, incluímos partes que são mais clássicas e soam mais a Motörhead ou Iron Maiden. Por exemplo, a música “Crocodile” é uma homenagem ao Lemmy, o que é bastante óbvio se ouvirem.
Os membros das nossas bandas tocaram em várias outras bandas com estilos muito diferentes. É por isso que temos influências de estilos como hard rock, blues, folk irlandês e até música popular.
No final, decidimos definir o nosso próprio género musical: apocalyptic party metal!»

Review: Formados em 2018, os germânicos C.L. Anger venderam a alma ao power metal melódico. Por se tratar de um género tão complexo e técnico, é de louvar a coragem do quinteto em lançar “Top Secret – Project Endtime”, o seu disco de estreia, pouco mais de um ano após a formação. É um trabalho nítido, dos solos de guitarra ao sólido trabalho de bateria, passando por uma voz grave mais associada ao heavy metal tradicional alemão do que ao power metal. “Doctor Anger” representa tudo isso competentemente.

Facebook

Apoia a nossa causa

Destaques

Notícias

Artigos

Mundo das Guitarras © 2021